ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Adicione os sites da Cultura Evangélica ao seu iGoogle clicando aqui

BUSCADOR GOOGLE

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Pv. 30:15: A sanguessuga tem duas filhas: Dá e Dá.

Pastor é indiciado em ações contra a Máfia dos Sanguessugas

SÃO PAULO - O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal a abertura de mais duas ações de improbidade administrativa contra envolvidos no caso que ficou conhecido como máfia das sanguessugas.

Pastor é indiciado em ações contra a máfia dos Sanguessugas

Nas ações, o MPF de Tocantins solicitou processo contra cinco pessoas: Darci José Vedoin, Luiz Antônio Trevisan Vedoin, Amarildo Martins da Silva, conhecido como Pastor Amarildo, Eder Luiz Lourenço da Rocha, ex-prefeito de Ponte Alta do Bom Jesus (TO) e José Alvino de Araújo Souza, atual prefeito de Lizarda (TO).

O esquema consistia em negociatas de emendas individuais do Orçamento Geral da União, supostas fraudes a licitações e superfaturamento na compra de ambulâncias ou equipamentos hospitalares. As fraudes em processos licitatórios eram praticadas desde o ano 2000. As informações são do MPF de Tocantins.

Em maio de 2006, a Polícia Federal deflagrou a Operação Sanguessuga para desarticular uma quadrilha que atuava na área da saúde. Empresários negociavam a aprovação de emendas individuais com parlamentares, fixando o valor da comissão que seria destinada aos congressistas. No Tocantins, grande parte das emendas comercializadas é de autoria do ex-deputado federal Pastor Amarildo.

Fonte: JB Online

COMENTÁRIO BÍBLICO: Tais “pastores” terão melhor e mais justa recompensa ainda quando tiverem de prestar conta de seus “ministérios” diante do próprio Senhor Jesus Cristo: usaram seu nome “em vão” para atingirem seus propósitos mesquinhos e materialistas. Eles parecem se esquecer desse pequeno detalhe…